Login

Efetue seu login para participar:

NA PAREDE DA MEMÓRIA

NA PAREDE DA MEMÓRIA

Concorra a pares de cortesias para assistir ao espetáculo "Na parede da memória":
Se você for um dos sorteados retire sua cortesia até o dia 27/09 (quinta-feira), na Av. Getúlio Vargas, 291, das 9H às 15H.".

Vigência: 24/07/2018 à 25/09/2018
Resultado: 25/09/2018

Esta é uma promoção exclusiva para os assinantes do jornal Estado de Minas. Os prêmios deverão ser retirados somente na data e horário estipulados neste hotsite, não cabendo ao Estado de Minas reservar, guardar ou trocar tais itens. No ato do cadastro, o internauta deverá fornecer somente as informações solicitadas: Login; Senha. A retirada do prêmio deverá ser feita somente pelo ganhador ou terceiro, mediante apresentação de Carteira de Identidade original do contemplado. Não serão aceitas cópias de qualquer outra documentação na retirada de prêmios. Caso o assinante contemplado não retire seu prêmio na data e horário especificados no hotsite da promoção, tais itens serão de propriedade do Estado de Minas. O assinante poderá conferir a relação dos contemplados acessando este hotsite. As datas e horários de divulgação dos resultados podem ser alterados sem aviso prévio. O direito ao prêmio não pode ser convertido em dinheiro. Em hipótese alguma o ganhador poderá pedir a troca ou substituição de qualquer detalhe que não seja o determinado na descrição do prêmio. Ao inscrever-se o internauta declara ter lido e aceito o regulamento acima descrito.

Concorra a pares de cortesias para assistir ao espetáculo "Na parede da memória":
Se você for um dos sorteados retire sua cortesia até o dia 27/09 (quinta-feira), na Av. Getúlio Vargas, 291, das 9H às 15H.".

NA PAREDE DA MEMÓRIA,inspirado na poesia de BELCHIOR
NA PAREDE DA MEMÓRIA, inspirado na poesia de Belchior conta a história de quatro amigos separados pelo tempo e por suas diferenças que se reencontram em um apartamento onde todos já viveram antes. Fechando um ciclo da história, cada personagem deve retirar o que é seu do imóvel. O único desacordo parece estar na propriedade do disco Alucinação, de Belchior, objeto reclamado por todos. Um reflexo do passado ganha cores contemporâneas, no desenrolar da trama que situa a história política atual do país e do mundo. Cada canção se torna rascunho do destino, tendo a poesia e a ação como forma de narrar essa história. 
Se é correto dizer que “o passado sempre vem” que ele se cristalize NA PAREDE DA MEMÓRIA.

SERVIÇO: 
Espetáculo: NA PAREDE DA MEMÓRIA
Dia 28 de setembro no Centro Cultural Minas Tenis Clube.